Paulo Paes

Nasceu  em/  born in Belém do Pará, 1960.

Vive e trabalha em/ lives and works in Cabo Frio, RJ, Brasil.

 

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS/ SOLO SHOWS

2016 Continentes Flutuantes, Centro Cultural Banco do Nordeste, Fortaleza, CE, Brasil.
2015 Djanir, Galeria A Gentil Carioca, RJ, Brasil.
2013 Pneumática, Petrolina, Pernambuco, Brasil.

Intervenções urbanas durante o São João da Cidade do Porto, Portugal.

2012 Pneumática, Palácio Gustavo Capanema/Funarte, Rio de Janeiro, Brasil.

Pneumática, Caixa Econômica de Brasília, Rio de Janeiro, Brasil.

2011 Balão Solar com Fita Colorida, Semana de Artes Visuais, PE, Brasil.
2010 Pneumática, no Centro Cultural Correios, Recife, Pernambuco, Brasil.
2009-
2006
Instalações de Esculturas Marinhas no Instituto de Estudos do Mar da Marinha Almirante Paulo Moreira – IEAPM em Arraial do Cabo no Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
2005 Por do Sol, SESC de Nova Friburgo no Rio de Janeiro, Brasil.
2002 Individual na Sala Séc. XXI do Museu Nacional de Belas Artes no RJ, Brasil.
2001 Individual no Paço Imperial no Rio de Janeiro, Brasil.
1998 Individual, Atelier Finep no Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil.

Individual, Galeria Blue Star Art Complex San Antonio, Texas, EUA.

 

EXPOSIÇÕES COLETIVAS/ GROUP SHOWS

2016 “Programa Baía de Guanabara: águas e vidas escondidas”, MAC Niterói, Niterói, Brasil.
2015 “Encontros Carbônicos”, Oi futuro Ipanema, Rio de Janeiro, Brasil.

Sphères 8, Galleria Continua – Les Moulin, Boissy-le-Châtel, França.

Ver e Ser Visto, Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Brasil.
2007 Coletiva “Verde e Cinza” no Museu da Ciência, Espaço Ciências, PE, Brasil.
2004 Tudo é Brasil, Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil.

Tudo é Brasil, Itaú Cultural, São Paulo, Brasil.

Onde está você geração 80?, CCBB, Rio de Janeiro, Brasil.

Onde está você geração 80?, CCBB, Brasília, Brasil.

1999 VI Salão da Bahia, Solar do Unhão, Salvador, Brasil.
1998 Coletiva na University of Incarnate Word, San Antonio, Texas, USA.
1997 Coletiva “Ar” no Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil.
1995 Coletiva Projeto Brazilian Contemporary Arts, Rio de Janeiro, Brasil.
1993 Coletiva “De todas as cores”, Solar Grandjean de Montigny, RJ, Brasil.

Coletiva “De todas as cores”, Museu de Arte Contemporânea de Campinas em São Paulo, Brasil.

1991 21ª Bienal Internacional de São Paulo, São Paulo, Brasil.
1989 O mestre à mostra, Escola de Artes Visuais do Rio de Janeiro, Brasil.
1987 20º Salão Nacional de Minas Gerais, Minas Gerais, Brasil.
1984 Como vai você geração 80?, Rio de Janeiro, Brasil.

 

 

FORMAÇÃO/EDUCATION

1978 –
1982
Parque Lage, Escola de Artes Visuais, Rio de Janeiro, Brasil.

 

 

PRÊMIOS/ AWARDS

2012 Prêmio Funarte de Arte Contemporânea

Prêmio de Arte Contemporânea do Ministério da Cultura,

Medellín 07/Prácticas artísticas contemporâneas. Medellin, Colômbia.

1997 Bolsista para a Bolsa Rio Arte, Rio de Janeiro.