João Modé

Nasceu em/ born in Resende, Brasil, 1961.

Vive e trabalha em/ lives and works in Rio de Janeiro, Brasil.

 

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS/ SOLO SHOWS

2015

O passado vem de frente numa brisa, Museu do Açude, RJ, Brasil

Algumas coisas que estão comigo, A Gentil Carioca, RJ, Brasil.

2014

Land, die raum, Berlim, Alemanha.

Desertão, CCBN Cariri, Juazeiro do Norte, Brasil.

Projeto REDE, MAC Niterói, Niterói, Brasil.

2011-2012

Para o Silêncio das Plantas. Cavalariças do Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil.

João Modé, galeria A Gentil Carioca, Rio de Janeiro, Brasil.

2010

De Sertão, Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães – MAMAM, Recife, Brasil.

2009

Eva [Invisíveis ], Fundação Eva Klabin, Rio de Janeiro, Brasil.

2007

A cabeça. A Gentil Carioca, Rio de Janeiro, Brasil.

Musica para los Animales y las Cosas. Casa Tres Patios, Medellin, Colômbia.

Projeto REDE. Centre Columbier, Rennes, França.

 

EXPOSIÇÕES COLETIVAS/ GROUP SHOWS

2017

35° Panorama de Arte Brasileira, MAM, São Paulo, Brasil

 

BAHAR/ The Instanbul Off-Site Project for Sharjah Biennial 13, Abud Efendi Mansion, Turquia.

Presente para Iemanjá, Casa França-Brasil, Rio de Janeiro, Brasil.

A GENTIL CARIOCA JAQUELINE MARTINS, São Paulo, Brasil.

2016

Trienal de Aichi, Nagóia, Okazaki e Toyokashi, Japão
Gran Bienal Tropical, San Juan, Porto Rico.

Ponto Transição, Fundição Progresso, Rio de Janeiro, Brasil.

A cor do Brasil, Museu de Arte do Rio, Rio de Janeiro, Brasil.

2015

Cariocas, Maison Folie Wazemmes, Lille, França.

10ª Bienal do Mercosul, Porto Alegre, Brasil.

2014

ABC Berlin, A Gentil Carioca, Berlim, Alemanha.

Espaços deslocados e futuros suspensos, MAC Niterói, Rio de Janeiro, Brasil.

Arte e Patrimônio, Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil.

Novas Aquisições, MAM, Rio de Janeiro, Brasil.

Ilusão ­– Mostra de vídeos, Casa Daros, Rio de Janeiro, Brasil.

2013

Play, Museu Bispo do Rosário, Rio de Janeiro, Brasil.

Tout est la, Pavillon Carré de Baudouin, Paris, França.

Visión del Paraiso, Solo Project-ArtRio, Rio de Janeiro, Brasil.

2012

Arquivo Aberto_Sérgio Porto 83-97, Espaço Cultural Sérgio Porto, Rio de Janeiro, Brasil.

Exposição, Teatro Ipanema, Rio de Janeiro, Brasil.

A espiral e o quadrado, SMKU Sørlandets Kunstmuseum, Kristiansand, Noruega.

E os amigos sinceros também, Galeria do Ibeu, Rio de Janeiro, Brasil.

A espiral e o quadrado, Trondheim Kunstmuseum, Trondheim, Noruega

2011

The Spiral and the Square. Bonniers Konsthall, Estolcomo, Suécia.

2010

Entre desejos e utopias. A Gentil Carioca, Rio de Janeiro, Brasil.

Projeto Acervo. Espaço Bananeiras, Rio de Janeiro, Brasil.

A Gentil Carioca. IFA Galerie, Berlim, Alemanha. Novalis Contemporary Art. Turino, Itália.

2009

Grito e Escuta. 7ª Bienal do Mercosul, Porto Alegre, Brasil.

Brazilian Summer. Art&the City. Museum Het Domein, Sittard, Holanda. En vivo contacto, selección 28ª Bienal de São Paulo. MAC, Santiago, Chile.

Brazilian News. Le Silo, École Nationale Supérieure des Beaux-arts, Paris, França.

Tempo. Sesc Piracicaba, Piracicaba, Brasil.

2008

Em Vivo Contato. 28ª Bienal de São Paulo, São Paulo, Brasil.

MAM60. Oca-MAM, São Paulo, Brasil.

Contraditório – Panorama da Arte Brasileira. Alcalá 31, Madri, Espanha.

Le Centre du Monde, Établissement d’en face projects. Bruxelas, Bélgica. Travessias cariocas. Caixa Cultural, Rio de Janeiro, Brasil.

Coletiva 2008. A Gentil Carioca, Rio de Janeiro, Brasil. Projeto Morro da Conceição. Rio de Janeiro, Brasil. Mão Dupla. Sesc Pinheiros, São Paulo, Brasil.

E agora, José?. Galeria de Arte Meninos de Luz, Rio de Janeiro, Brasil. Uma Gentil Invenção. Exposição itinerante pelas unidades do Sesc, Brasil.

Brazilian Summer. Art & the City, Museum Het Domein, Sittard, Holanda

2007

Contraditório – Panorama da Arte Brasileira. MAM, São Paulo, Brasil.

Futuro do Presente. Itaú Cultural, São Paulo, Brasil. Coleções 8. Galeria Luisa Strina, São Paulo, Brasil. Associados [Orlândia]. Rio de Janeiro, Brasil.

Ibeu – 70 anos/70 obras do acervo. Galeria do Ibeu, Rio de Janeiro, Brasil.

2006

Stopover. Kunsthalle Fribourg, Suíça.

LOOP. Centro Cultural Telemar, Rio de Janeiro, Brasil.

Abrigo Poético – Diálogos com Lygia Clark. MAC, Niterói, Brasil. The Image of Sound. St Elisabeth Kirche, Berlin, Alemanha. Gráfico Adesivo. Casa da Ribeira, Natal, Brasil. Incorpo[R]ações. Espaço Bananeiras, Rio de Janeiro.

A Gentil Carioca. Daniel Reich Gallery, Nova York, EUA.

Livro de Artista. Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil.

2005

Espaço Urbano X Natureza Intrínseca. Espace Topographie de l’Art, Paris, França.

Brazil. Watermil Center, Nova York, EUA.

Road, projeto com CAPACETE Entretenimentos. La Paz, Bolívia e Lima, Peru.

Projeto Interface. Palais de Pape, Avignon, França. Educação Olha!. A Gentil Carioca, Rio de Janeiro.

2004

Unbound. Parasol Unit, Londres, Inglaterra.

A Gentil Carioca, Rio de Janeiro, Brasil. “inherit – conquer”. Graz, Áustria.

Entre Pindorama. Künstlerhaus Stuttgart, Alemanha.

Espaço Lúdico – um olhar sobre a infância na arte brasileira. Espaço

BNDES, Rio de Janeiro, Brasil.

Microlições de Coisas. Centro de Estudos Murilo Mendes, Juiz de Fora, Brasil.

2003

Infantil. A Gentil Carioca, Rio de Janeiro, Brasil.

When the Periphery Turns Center and Center Turns Periphery. Bienal de Praga, National Gallery, Praga, República Tcheca. Grande Orlândia. Rio de Janeiro, Brasil.

Slow, Shedhalle, Zurique.

2002

Slow. Shedhalle, Zurique, Suíça.

Nefelibatas. MAM, São Paulo, Brasil.

Caminhos do Contemporâneo 1952/2002. Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil.

Love’s House. Rio de Janeiro, Brasil.

IBEU: 1991 a 2001 – Uma década de arte contemporânea. Galeria IBEU, Rio de Janeiro, Brasil.

2001

Outra Coisa. Museu da Vale do Rio Doce, Vitória, Brasil.

Mistura + Confronto. Central Eléctrica do Freixo, Porto, Portugal. Deslocamento do eu: o auto-retrato digital e pré-digital na arte brasileira (1976-2001). Itaú Cultural, Campinas, e Paço das Artes, São Paulo, Brasil. Mostra do Redescobrimento – Módulo Contemporâneo. Museu de Arte

Moderna, Buenos Aires, Argentina.

Espelho Cego – Seleções de uma Coleção Contemporânea. Paço Imperial, Rio de Janeiro e MAM, São Paulo, Brasil.

Orlândia. Rio de Janeiro, Brasil.

2000

O particular. Grande Galeria, Centro Cultural Candido Mendes, Rio de

Janeiro, Brasil.

Deslocamentos do Feminino. Conjunto Cultural da Caixa, Rio de Janeiro, Brasil.

Exposição comemorativa dos 50 anos do Museu de Arte Moderna de

Resende. MAM, Resende, Brasil.

 

FORMAÇÃO/EDUCATION

2004-2006

Linguagens Visuais. Mestrado, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil.

1979-1984

Programação Visual. Escola de Belas Artes, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

1978-1983

Arquitetura, Universidade Santa Úrsula, Rio de Janeiro.

 

PRÊMIOS E BOLSAS/ AWARDS AND SPONSORSHIPS

2015

Camargo Foundation, Cassis, França

2013

Rockefeller Foundation, Bellagio, Itália

2007

Centre du monde. Belle Île en mer, França.

Medellín 07/Prácticas artísticas contemporâneas. Medellin, Colômbia.

2005

Projeto Road, residencia móvel, La Paz [Bolívia]–Lima [Peru]. Capacete Entretenimentos.

Watermil Center, Nova York, EUA.

2004

“inherit – conquer”. Graz, Áustria.

 

COLEÇÕES/ COLLECTIONS

Museu de Arte Moderna de São Paulo

Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro

Pinacoteca do Estado de São Paulo

Frac Bretanha